Redes Sociais

11 dicas para alavancar curtidas na sua página no Facebook

Está com problemas para conseguir novos likes e compartilhamentos no Facebook? Veja nossas 12 dicas e divulgue sua página corretamente!

Todo começo de trabalho em um canal no Marketing Digital é um pouco difícil. É assim com um blog, com um perfil no Twitter, com cadastros para uma newsletter e não é diferente com páginas no Facebook.

Sempre recebemos comentários de pessoas querendo saber como divulgar ou como conseguir as primeiras pessoas para curtir uma nova página. Por isso separamos algumas dicas para sua empresa conseguir superar a barreira dos primeiros fãs.

1 – Peça individualmente para amigos, familiares e outros funcionários ou sócios curtirem e divulgarem

Tudo começa com sua família, amigos mais próximos e sócios ou funcionários da empresa.

Mesmo que algumas dessas pessoas não sejam o público-alvo da sua empresa, é importante ter as primeiras curtidas para gerar um pouco de credibilidade para as próximas pessoas que caírem ali. Os usuários vão perceber que há outras pessoas que conhecem e confiam na empresa.

Além disso, quando essas primeiras pessoas curtem a página, os amigos podem ver na timeline fazendo com que novas pessoas descubram a página. Isso não deve aumentar significativamente seus números, mas é importante no começo.

Outro resultado importante dessa primeira ação é colher feedbacks de pessoas próximas sobre como está a página, o que está faltando, o que não está legal etc.

2 – Personalize o nome de sua fan page

Criar uma URL personalizada para sua página no Facebook facilita muito a divulgação em outros canais, em especial aqueles que não podem contar com um link ou um botão.

Porém, é bom lembrar que o Facebook exige ao menos 25 pessoas curtindo a página para que ela consiga o direito de usar uma URL personalizada. Por isso é importante que as pessoas próximas de você sejam convidadas a curtir a página (dica 1) para que você possa mudar a URL o mais rápido possível.

3 – Divulgue a fan page nas suas redes sociais

Se você pediu para seus amigos compartilharem, nada mais justo do que você também compartilhar publicamente.

Compartilhe o link nas timelines das redes sociais em que você está presente e escreva do que se trata a página, o que ela pode mudar na vida dessas pessoas e para quem ela foi criada.

Uma outra ideia é criar um post de boas-vindas na própria fan page (de preferência com uma imagem ou um vídeo) e depois compartilhar esse post em seu perfil pessoal para aumentar um pouco mais o alcance dessa primeira atualização.

4 – Convide seus amigos do Facebook para curtirem sua página

O Facebook possui uma opção em que você pode convidar os seus amigos para curtirem sua página.

Apesar da possibilidade de convidar todos os seus amigos, é preciso que você selecione um a um quem você gostaria de convidar da sua lista. Esse convite vai em forma de notificação e é comum que se perca em meio a tantas notificações que os usuários recebem diariamente. De qualquer forma, costuma funcionar muito bem e é bastante recomendado seu uso.

Entretanto, como foi dito na dica 1, é importante que seus amigos mais próximos sejam convidados diretamente por você e não por essa opção automatizada.

5 – Use outras redes sociais para divulgar sua Fan Page

Se sua empresa já possui perfis em outras redes sociais, como Instagram, LinkedIn, Twitter, Snapchat, Pinterest, Youtube, entre outras, utilize esses canais para promover sua fan page. Seguidores engajados com sua marca irão segui-lo em outras redes também.

O contrário também é válido. Você pode utilizar o Facebook para divulgar seus perfis em outras redes sociais.

Mas não abuse. É bem desconfortável para o usuário visualizar repetidas vezes o mesmo pedido.

6 – Use outros canais de contato que sua empresa tenha disponíveis

Se sua empresa já tiver uma audiência, como uma base de assinantes de uma newsletter, um bom número de seguidores no Twitter ou mesmo algum alcance em canais offline, use-a para comunicar a criação da página.

Como essas pessoas já conhecem sua empresa, existe uma chance maior de elas gostarem e aprofundar o relacionamento.

7 – Preencha corretamente o “Sobre” da página

É desagradável abrir uma fan page e não encontrar as informações necessárias. Muitas vezes, é possível que o usuário feche a página sem nem saber do que ela trata.

Para evitar esse erro, não esqueça de preencher sua fan page com as informações sobre sua empresa. Dessa forma, sempre que alguém acessar a sua página poderá saber “de cara” sobre a sua área de atuação.

A principal dica para depois que você criar a sua fan page é preencher o “Sobre” com:

  • A visão geral sobre sua empresa;
  • O link para seu site;
  • Qualquer outra informação que ajude sua audiência a entender melhor sobre o seu mercado.

8 – Crie promoções

Promoções costumam funcionar bem nas mídias sociais e se espalham com facilidade.

Só tome cuidado, no entanto, com as regras de uso do Facebook. Muita gente não sabe, por exemplo, que as curtidas não podem servir como mecanismos de votação. Há vários outros detalhes que você pode conferir nas diretrizes de promoções do Facebook.

9 – Mantenha uma frequência de publicação

As mídias sociais nunca dormem. Portanto, é preciso ter presença frequente na timeline de seus usuários para que sua fan page não caia no limbo.

Só não confunda frequência com quantidade. Não é publicando mais que sua empresa terá mais resultados no Facebook, e sim publicando com uma periodicidade pré-determinada.

Ajuste de acordo com a sua produção de conteúdo quantas publicações são possíveis de serem feitas por dia.

Na Resultados Digitais, temos horários fixos para a publicação de posts, eBooks, eventos e outros tipos de postagens. Crie seu calendário e comece a testar!

10 – Interaja com a audiência

Parece bobo, mas muitas empresas pecam simplesmente por interagirem pouco com a audiência.

Pense no seu seguidor como uma pessoa e não como um like. Procure responder da forma mais rápida as mensagens diretas.

Também curta ou responda os comentários de seus fãs nas publicações de sua fan page. Não faça com que ele fique falando sozinho, principalmente se uma pergunta for feita. Não só ele vai se sentir ignorado como todos os outros fãs que perceberem que sua página não deu retorno também irão pensar o mesmo.

11 – Compre anúncios no Facebook

Se bem feitas, as campanhas com anúncios no Facebook podem funcionar muito bem na alavancagem da página. Como todo tipo de anúncio, no entanto, é preciso estudar bem o assunto para não sair desperdiçando dinheiro.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre essas técnicas, não deixe de ler nosso artigo sobre 7 dicas imbatíveis para bombar no instagram e atrair clientes!

7 dicas para usar o Whatsapp a favor da sua empresa

Grande parte da população brasileira que faz uso de celulares utiliza o Whatsapp para se comunicar com sua rede de contatos. Diante de tamanho sucesso, o aplicativo pode funcionar como uma ferramenta bem interessante de negócios. Confira agora 7 dicas fundamentais de Whatsapp para empresas!

1. Crie um canal de comunicação B2C

O Whatsapp é uma excelente ferramenta de comunicação. Você pode adotá-lo para conversar com os clientes da sua empresa. O app pode ser usado como ferramenta B2C, business to customer, e facilita o contato com pessoas que querem se tornar clientes mas possuem algum tipo de dúvida, por exemplo.

2. Dê atendimento personalizado

Falar diretamente com outra pessoa permite que o atendimento se molde ao que ela precisa. Nesse sentido, dialogar pelo Whatsapp com seus clientes é uma forma de personalizar o atendimento e tornar o contato mais pessoal entre negócio e consumidor.

3. Crie botões de compartilhamento para o Whatsapp

Muitas pessoas navegam pela internet diretamente do celular e muitos conteúdos são compartilhados por meio do aplicativo. Por isso, insira botões de compartilhamento para o Whatsapp em suas páginas, principalmente em blogs e páginas de produtos dentro de e-commerces.

4. Não faça SPAM!

O Whatsapp tem uma mesma regra que o e-mail marketing: SPAM é proibido! O aplicativo fornece um meio de comunicação superinteressante, que possibilita uma proximidade muito grande entre a empresa e seus clientes, e não é uma boa ideia desperdiçar essa oportunidade enviando conteúdo que não vai conquistar seus compradores.

Aproveite para enviar o que é de interesse do seu público e criar um canal de comunicação rápido e claro.

5. Use grupos para segmentar usuários

É muito comum empresas direcionarem seus clientes com dúvidas ou interesse por um produto para o Whatsapp, principalmente lojas de roupa e acessórios.

Mas é possível dar um passo além: segmente consumidores que possuem dúvidas e interesses parecidos em um grupo do Whatsapp. Assim, você terá a oportunidade de falar com todos eles de uma vez e economizar muito tempo!

6. Divulgue ofertas e promoções

Esses grupos também podem ser usados para divulgar ofertas e promoções, com a ressalva de que os clientes que estiverem por lá concordem com isso. Essa é uma excelente forma de atrair mais compradores para uma data específica e espalhar rapidamente uma nova promoção da loja.

7. Terceirize para ter mais eficiência

Convenhamos, separar uma pessoa da sua equipe para ficar por conta do aplicativo pode ocupar o tempo que ele destinaria para outra tarefa dentro do seu negócio. Por isso, contar com um parceiro especialista para criar campanhas no Whatsapp para empresas é uma ideia que pode ser levada em conta.

O Whatsapp é largamente usado e conhecido pelos brasileiros, por isso você pode utilizá-lo como uma ferramenta para a sua empresa, tanto para vender, quanto para se comunicar com seus clientes.

E você, quer ficar por dentro de todas as atualizações do nosso blog sobre marketing digital? Assine a nossa newsletter agora mesmo e confira 7 dicas imperdíveis para tornar seu site mais atrativo!

7 dicas imbatíveis para bombar no instagram e atrair clientes!

As redes sociais são um dos meios mais baratos e rápidos de conquistar leads hoje em dia. As empresas que conseguem se destacar nesse meio não apenas chamam a atenção do cliente para a marca ou o produto, como conseguem gerar relações mais duradouras com o público, atingindo a fidelização. Entre as opções de mídias sociais, o Instagram é um dos grandes destaques. A empresa que consegue bombar no Instagram pode cumprir não apenas a missão de atrair clientes, como a de mantê-los fidelizados. Quer saber como? Então acompanhe as dicas que preparamos!

Capriche nas fotos

O Instagram foi a primeira rede social dedicada à fotografia. Hoje existe uma série de concorrentes, mas o app continua soberano como o canal que as pessoas usam para ver belas fotos. Os usuários costumam postar fotografias de paisagens, pratos elaborados e destinos de viagem. Para que sua marca se destaque nesse mar de fotos paradisíacas, é essencial que as imagens produzidas tenham boa iluminação, cenário e foco, além de contexto que interesse seu público.

Use os filtros, mas não só eles

Evite ao máximo o uso de Photoshop, marcas d’água e textos em cima das imagens. O público quer ver fotos reais. Lindas, mas reais. Para melhorar as imagens, abuse dos filtros disponibilizados pelo próprio aplicativo. Outra opção é baixar aplicativos de edição de imagem como o Camera+ (disponível para Android e iPhone) e o Hipstamatic (também disponível para Android e iPhone).

Poste no momento certo

Para saber a melhor hora de postar uma foto no Instagram, use ferramentas como o Statigr.am. Nesse site você gerencia a conta da marca no Instagram e identifica os períodos em que seus seguidores estão mais ativos.

Faça bom uso das hashtags

Linguagem típica de Instagram, as hashtags ajudam a agregar os conteúdos postados sobre um mesmo assunto na rede, então use-as com esse propósito. Criar uma hashtag própria da sua marca, por exemplo, pode ser uma boa para reunir o público que admira a sua empresa. Mas usar hashtags demais ou até escrever posts muito longos no Instagram são técnicas que não costumam dar bons resultados. Afinal, essa rede social é sobre fotos e não sobre textos.

Não deixe de patrocinar posts

Desde que foi comprado por Mark Zuckerberg (o dono do Facebook), o Instagram passou a disponibilizar para as marcas a opção de promoção da imagem. Por preços não muito caros, você consegue patrocinar um post na rede e alcançar muito mais usuários, tendo a opção de segmentar sua campanha para públicos específicos. Com isso, sua marca ganha visibilidade e consegue muito mais conversões. Você pode ainda direcionar os anúncios para que o usuário clique e visite o site da empresa, assista a um vídeo ou baixe o aplicativo da marca, por exemplo.

Mensure os resultados

Principalmente para as marcas que investem em anúncios no Instagram, não dá para não medir os resultados obtidos em cada campanha. A plataforma usada tanto para criar os anúncios quanto para acompanhar seus resultados é o Facebook, que deve estar conectado ao perfil no Instagram da marca.

Não se esqueça do relacionamento

Além de oferecer conteúdo chamativo para os usuários, o Instagram, assim como todas as redes sociais, deve ser usado pelas marcas como um canal de relacionamento com os clientes. Não adianta nada produzir posts incríveis se as dúvidas dos consumidores não são tiradas. Crie uma rotina para verificar as notificações no mínimo uma vez por dia e não deixe de responder ninguém. Essa conexão direta com o usuário, além de ser valorizada pelo público, pode trazer insights para a marca por meio do feedback.

Assim como nas demais redes sociais, para bombar no Instagram e atrair clientes é essencial que a empresa crie uma estratégia específica para o canal. Planeje-se, organize-se e dedique-se a criar bom conteúdo. Essas são as melhores formas de atrair os consumidores.

E você? Já tem uma estratégia para o perfil da sua marca no Instagram? Conte para a gente nos comentários quais técnicas você usa pra gerar leads e não deixe der ler nosso artigo de como tornar seu conteúdo mais atrativo.

Voz e o Tom de voz de sua marca na produção de conteúdo

Toda empresa tem uma personalidade. Preço justo, qualidade no atendimento e inovação não fazem mais parte do diferencial competitivo de uma empresa. São atributos obrigatórios para qualquer empresa que deseja oferecer um produto ou serviço para o mercado.

A personalidade de uma marca vai além de sua Visão (responsável por nortear a organização) e a Missão (a razão pela qual a empresa existe). Buscar a singularidade no posicionamento produz diferencial competitivo.

Esse papo de branding e marca parece não ser muito ligado com Marketing Digital de resultados, não é mesmo? Mas saiba que ter uma posição clara ajuda e muito na aproximação de sua empresa com sua persona e seu público, possibilitando a criação de conteúdos cada vez mais alinhados e aumentando sua autoridade.

A produção de conteúdo é um dos principais pontos das estratégia de Inbound de uma marca. Mas como uma marca pode traduzir os pontos de seu posicionamento e também os valores que acredita através de sua produção de conteúdo?

Para isso que serve a construção da voz e do tom de voz de uma marca na produção de conteúdos. Através da voz e do tom de voz, a marca consegue se expressar de maneira autêntica, e também criar uma conexão com suas personas através de seus canais de atuação, sendo eles: blog, site, mídias sociais ou materiais ricos.

Descobrindo a personalidade de sua marca

Um ponto importante a destacar é que a personalidade da marca está em constante amadurecimento. Em cada fase, provoca seu público que percebe e reage de diferentes formas ao estímulo promovido por uma campanha de email ou material rico, por exemplo.

Para você se relacionar de maneira mais pessoal e deixando claro seu posicionamento, construímos esse pequeno passo a passo para a definição da voz e tom de voz de sua empresa:

Inicialmente faça as seguintes perguntas:

-Se a sua marca fosse uma pessoa, que tipo de personalidade e comportamentos ela teria, e quais adjetivos a representariam melhor?
-Que tipo de palavras e frases sua marca usaria numa conversa se fosse uma pessoa?
-Se a sua marca fosse uma pessoa, qual seria a relação dela com seu consumidor (um professor, um amigo, um pai, etc)?
-Como você quer que seus clientes pensem sobre a sua empresa?
-Utilizando adjetivos, o que a personalidade de sua marca não é e como ela não pode se comportar?
-Existe alguma marca que tem uma personalidade semelhante à sua? Por que eles são semelhantes?

Voz da marca

A voz de uma marca é a declaração de missão. Ou seja, qual é a razão de sua empresa existir? A voz é a personalidade de sua marca e pode ser descrita através de um adjetivo.

Por exemplo: positiva, sincera, engraçada, animada.

Encontre os adjetivos que melhor descrevem sua marca e você terá encontrado a sua voz.

Fonte: Resultados Digitais

Como conquistar e manter clientes através das mídias sociais

Saiba onde estão seus clientes

Onde você está concentrando sua atenção? Além do Facebook e do Twitter, seus clientes podem fazer parte de outras redes sociais como o Instagram, o Google+,o Pinterest, o Vimeo. É importante marcar presença onde você sabe que poderá encontrá-los.
Depois de começar a participar de outras mídias sociais, é fundamental dar aos clientes a atenção que eles buscam. Deixar de responder um comentário de um usuário, por exemplo, pode fazer com que ele perca o interesse na empresa e com que você “se queime” com outros atuais ou potenciais clientes. Portanto, além de ter uma presença relevante em todas as redes sociais de que participa, seja sensível a qualquer comunicação com o cliente.

Fique atento ao que o cliente está dizendo

Quando começar a atuar ativamente nas redes sociais, é esperado que seus clientes comecem a interagir. Dessa interação podem surgir perguntas, reclamações e sugestões, por isso, é essencial saber o que e como você vai responder. Preste atenção ao que os clientes (e o público em geral) dizem. Eles vêm a sua página para reclamar, fazer perguntas ou fazer um elogio?

Dependendo do seu negócio, as mensagens podem dar dicas, feedbacks positivos e construtivos (reconhecendo-os, você ganha leitores cheios de boa vontade que podem ajudar muito) ou até mesmo constituírem reclamações sobre produtos/serviços e críticas ao atendimento ao cliente. Ninguém espera que você seja um ninja das respostas, mas a chave é ter uma estratégia, um plano de ação que lhe dê embasamento para priorizar as questões a serem respondidas com mais agilidade e de forma personalizada.

Descubra como eles interagem com você

Você vem percebendo que grande parte do seu tráfego vem do seu canal no Twitter? Em segundo lugar, o canal que tem mais menções à sua empresa é o Facebook? Para ter estes dados, você certamente precisou fazer um acompanhamento e assim pôde ter noção de quantas mensagens esperar ou de quando e como você deve separar um momento para respondê-las, certo?

Por exemplo, você tem um plano para responder seus clientes em diferentes fusos horários ou durante o feriadão? Pensando nessas variáveis, quanto tempo você levaria para respondê-los? Faz sentido contratar alguém para monitorar e responder essa demanda? Considerar o seu tempo de resposta é fundamental.

Estima-se que 53% dos clientes que fazem perguntas no Twitter esperam uma resposta dentro de uma hora a partir do momento que twitam, independentemente do horário em que esse tweet foi feito. Esse percentual sobe para 73% caso o tweet seja uma queixa.

Você pode perder muitos clientes leais que se interessaram em falar com você simplesmente porque demorou muito tempo para respondê-los. Assim, planeje sua estratégia sabendo onde, quando e o que seus clientes estão questionando ou reivindicando.

Você está aproveitando suas redes sociais ao máximo?

Você tem total controle sobre suas redes sociais certo? Isso quer dizer que você pode a qualquer momento compartilhar com seu público um conteúdo ou notícia interessante, distribuindo nos seus diversos perfis. Lembre-se de que você está falando diretamente com sua audiência e com seu público-alvo e, por estes serem canais tão poderosos, é fundamental que sua comunicação seja baseada em uma estratégia.

Envolva-se com o seu público, solicite feedbacks, mostre apreço, reconheça a contribuição que eles estão oferecendo. Estes atos podem parecer pequenos,mas são muito significativos para garantir que seus clientes se sintam ouvidos e percebam que você realmente se preocupa com eles.

Algumas ações devem ser feitas offline

Às vezes você pode precisar dedicar energia extra para manter e desenvolver o relacionamento que tem com seus clientes. Assim como qualquer pessoa que passa por uma loja/site pode ser um potencial cliente, todos que visitam seus canais de mídias sociais também podem se tornar um consumidor.Além disso, se você perceber que há questões que seriam melhor discutidas pessoalmente ou por telefone, faça-o. Atenda seus clientes como eles precisam.

80% das empresas pensam que oferecem atendimento de alta qualidade aos seus clientes. No entanto, apenas 8% dos clientes concordam com essas empresas. Este número mostra uma grande oportunidade a você: oferecendo um excelente atendimento através da mídias sociais você pode se diferenciar de seus competidores e criar uma rede de contatos cheia de clientes satisfeitos.

Se você não tem certeza de como avançar de “bom” para “excelente” nas redes sociais, saiba que, felizmente, já existem muitas empresas que estão fazendo um excelente trabalho e podem servir de inspiração e referência de atendimento nas mídias sociais. E, claro, deixe seu e-mail para receber mais dicas de social media. Você também pode entrar em contato com especialistas da Contentools que irão guiá-lo na construção de uma estratégia de mídias sociais perfeita para que você mantenha seus clientes satisfeitos com conteúdos relevantes.

Facebook
Instagram
Tweeter